Destaque

Previsão do Tempo

ESPECIALISTAS INDICAM ESTRATÉGIAS PARA DIMINUIR O ESTRESSE

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o estresse atinge 90% da população mundial. Apesar de prejudicar a qualidade de vida e ser capaz de enfraquecer o sistema imunológico quando em excesso, o estresse não é considerado doença - pelo contrário - é algo natural. “É uma reação do nosso organismo, nos preparando para lidarmos com alguma situação, com algo que nos demande um enfrentamento ou adaptação”, explica a psicóloga Selma Bordin.
 
Necessário na medida certa
 
Quem já passou por situações assim, sentiu a descarga de hormônios liberados, como a adrenalina e o cortisol. O coração acelera, os músculos se contraem, a respiração fica mais curta e a pressão arterial aumenta. “Essas alterações físicas são capazes de acelerar o tempo de reação e aprimorar o foco, podendo inclusive salvar vidas”, completa a psiquiatra clínica e terapeuta cognitivo comportamental Maria Fernanda Caliani.
 
“Em situações de emergência, o estresse dá força extra para você se defender, por exemplo, estimulando você a pisar nos freios em questão de milésimos de segundos para evitar um acidente”, explica.
 
Porém em excesso, essa tensão deixa de ser útil e começa a prejudicar a saúde, os relacionamentos e a qualidade de vida das pessoas. Se você passa por situações assim, saiba que há formas simples de gerenciar esse estado.
 
Todas as atitudes que levem a uma boa qualidade de vida são válidas para evitar que o estresse se instale, segundo a Dra. Maria Fernanda Caliani. “Aqui entra aquele discurso clássico que a maioria dos médicos orienta nas consultas: dormir bem, ter momentos de lazer, praticar atividade física, ter uma alimentação saudável e balanceada. Todas essas medidas reduzem os níveis constantes de adrenalina, que em excesso, pode desencadear o estresse”, explica.
 
A psiquiatra lembra, entanto, que ajuda profissional pode ser necessária quando a pessoa não consegue controlar o nível de estresse sozinha.
 
Para a psicóloga Selma Bordin, o gerenciamento de estresse pode ser feito seguindo as seguintes etapas:
 
Etapa 1 - Adequando a demanda
 
Segundo Bordin, o objetivo é nos mantermos dentro da faixa em que o estresse é positivo. "Ele não pode ser de mais, nem de menos. Pouco estímulo ou demandas também é prejudicial. Sabe aquele domingo em que você tem uma única coisa a fazer? Você enrola o dia inteiro e não faz. Daí o ditado 'se tiver que pedir algo a alguém, peça a quem estiver ocupado'. Isso acontece porque a demanda não é suficientemente estimulante. Quando o estresse é de menos precisamos dizer mais 'sim' para os desafios. Quando for de mais precisamos dizer mais 'não'", explica.
 
Etapa 2 - Aumentar a resistência
 
"Nosso organismo é praticamente o mesmo do organismo do homem primitivo. Mas os estressores (fatores causadores do estresse) são completamente diferentes", lembra a psicóloga. E portanto a nossa reação de enfrentamento envolve mudanças em nosso corpo e fisiologia. "Quando corríamos do leão, milênios atrás, os hormônios lançados em nossa corrente sanguínea eram consumidos. Hoje enfrentamos os leões em nossas cadeiras", comenta. "Por isso, praticar atividade física é tão importante, pois quando feita regularmente ela equilibra o que o estresse desequilibrou", explica Bordin.
 
Ela ainda cita alimentação saudável para repor nutrientes fundamentais,  sono, descanso e afeto positivo, que ajuda na proteção física e mental dos efeitos danosos do estresse.
 
Etapa 3 – Trabalhando características pessoais
 
Muitas pessoas induzem em si um alto nível de estresse: as mais competitivas, perfeccionistas e apressadas. As que têm dificuldade de dizer não ou de negociar sofrem muito com as consequências danosas do estresse. Sentem-se frequentemente culpadas e devedoras.  Portanto, trabalhar essas características e não se cobrar tanto pode ser de grande ajuda, segundo Selma Bordin.
 
Fonte: Catraca Livre

5 RECEITAS DE PICOLÉS CASEIROS PARA O VERÃO

Presença certa na estação mais quente do ano, os picolés agradam gregos e troianos e o melhor de tudo: podem ser feitos em casa de maneira bem práticas.
 
Reunimos algumas das receitas mais simples da internet para te encorajar a se jogar nessa opção refrescante. Algumas são feitas com frutas, outras com chocolate, mas todas são igualmente deliciosas!
 
Se você não tem forminhas próprias para picolés, está liberado improvisar em copinhos de plástico ou outros recipientes que encontrar na cozinha.  Confira as receitas:
 
Picolé de iogurte com morango
 
Ingredientes
 
1 xícara (chá) de morangos picados
1 xícara (chá) de iogurte natural
½ xícara (chá) de leite condensado
Modo de preparo
 
Misture o iogurte com o leite condensado. Nas forminhas escolhidas, coloque os pedacinhos de morango e despeje a mistura de iogurte e leite condensado. Agora leve ao freezer e espete os palitinhos quando a massa começar a endurecer. Retorne ao congelador e deixe lá até o momento de servir.
 
Picolé de mirtilo  com raspas de limão
 
Ingredientes
 
100 g de Mirtilos frescos ou congelados
Raspas de 1 limão
1 xícara (225 g) de iogurte de baunilha (ou adicione um pouco de baunilha ao iogurte natural)
Modo de preparo
 
Bata os mirtilos até virarem uma espécie de purê, adicione o iogurte e as raspas de limão e bata mais pouco. Despeje a mistura nas forminhas, espete os palitos e deixe no congelador por pelo menos 6 horas.
 
Picolé de kiwi e água de coco
 
Ingredientes
 
3 kiwis médios descascados
1 copo de água de coco (250 ml)
Açúcar ou adoçante a gosto
Palitos para picolés
Modo de Preparo
 
Bata os kiwis juntamente com a água de coco, acrescente o açúcar ou adoçante e bata mais um pouco. Depois despeje a mistura em forminhas e leve ao congelador.  Antes que endureça totalmente, coloque os palitos de madeira.
 
Picolé de chocolate cremoso
 
Ingredientes
 
1 xícara de água (250 ml)
2 caixas de creme de leite (400 g)
8 colheres de sopa de cacau em pó
1 pote de doce de leite cremoso
Modo de preparo
 
Comece colocando a água no liquidificador e na sequência acrescente os demais ingredientes. Bata todo o conteúdo até que fique uma mistura homogênea. Despeje nas forminhas, leve ao congelador e espete os palitos quando começar a endurecer.
 
Fonte: Catraca Livre

SAIBA COMO FAZER AROMATIZANTE PARA PERFUMAR A CASA GASTANDO POUCO

Quer deixar a sua casa com aquele cheirinho gostoso? Damos a dica do aromatizador de ambiente. Apesar de existirem inúmeras opções no mercado, damos a dica para quem quer dar aquela economizada e produzir o seu próprio, gastando quase nada.
 
Ingredientes
 
- 100ml de álcool de cereais
 
- 100 ml de água mineral à temperatura ambiente ou água destilada
 
- 50ml de essência para aromatizador da sua preferência
 
- 1 frasco pequeno de 250ml (pode ser um pote de vidro que você jogaria fora)
 
- 4 ou 6 palitos de churrasco ou palitos de algodão doce
 
Tudo que terá que fazer é misturar os ingredientes, colocando primeiramente a água, em seguida, o álcool e, por fim, a essência e estará pronto! Agora é só colocar as varetas dentro do frasco e aguardar o aroma se propagar.
 
Mais
 
Se quiser deixar o aromatizador ainda mais intenso, deixe o frasco fechado por uma semana. Neste período, o perfume se fixa melhor ao álcool. Outra dica importante é, após começar o uso, inverter a posição das varetas a cada três dias, colocando a parte seca no líquido e a parte molhada para fora.
 
Fonte: Catraca Livre

Funcionário é demitido por justa causa após reclamar da empresa no Facebook

Uma publicação no Facebook contra a empresa em que trabalhava causou a demissão por justa causa de um operador de logística. A decisão foi questionada pelo funcionário na Justiça do Trabalho, que concordou com a empresa. Em sua decisão, o juiz Rafael de Souza Carneiro entendeu que a mensagem vexatória publicada contra a drogaria que havia contratado o trabalhador justifica a demissão sem o pagamento de verbas rescisórias.
 
Ao saber da publicação, a empresa decidiu demitir o funcionário por justa causa , pois avaliou a atitude do empregado como um ato nocivo contra a honra e boa fama, previsto no art. 482 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). De acordo com a drogaria, o empregado expôs em rede pública ofensas contra o estabelecimento, sem qualquer justificativa.
 
Contrário à decisão, o funcionário entrou com uma ação trabalhista pedindo para anular a justa causa, já que ele não desonrou o estabelecimento no ambiente de trabalho. Para o juiz da 16ª vara de Brasília/DF, a demanda do empregado é insustentável. De acordo com o magistrado, o estabelecimento que foi vítima do trabalhador, pois sofreu uma exposição difamatória na internet, com possibilidade de ter grande disseminação.
 
Exposição de trabalhadores nas redes sociais
 
O Brasil Econômico divulgou recentemente outro processo trabalhista envolvendo as redes sociais. Neste caso, uma empresa produtora de café foi condenada a pagar uma indenização de R$ 5 mil a um trabalhador por danos morais após divulgar informações particulares na internet. A publicação contava com uma lista de nomes de funcionários com suas respectivas remunerações, datas de admissão e posterior demissão da empresa.
 
Insatisfeita com a decisão, a empresa entrou com recurso pedindo a apresentação de prova do dano moral sofrido pelo ex-colaborador. A relatora do caso mo Tribunal Superior do Trabalho, ministra Kátia Magalhães Arruda, entendeu a demanda como desnecessária.
 
Segundo ela, o que se exige é a prova dos fatos que justificam o pedido de indenização por danos morais, e não a prova dos danos imateriais, já que são impossíveis de serem apresentados em julgamento. E você, concorda com as decisões dos magistrados em relação às ações de justa causa e danos morais?
 
Fonte: IG - Economia

DOIS DESTINOS TRANQUILOS PARA CURTIR OS FERIADOS PROLONGADOS

Assim como o ano que passou, 2018 também será um ano de muitos feriados prolongados.  E feriado é sinônimo de viajar e se divertir, né? A maioria dos feriados deste ano cairão no início ou no fim da semana e você poderá se organizar para que sua viagem seja inesquecível. ;)
 
Vamos indicar dois destinos para você aproveitar!
 
E o primeiro destino é…
 
Corumbau (BA)
 
A praia de Corumbau ou Ponta de Corumbau, fica há 70 Km do centro da cidade de Prado, na Bahia. Considerado um lugar paradisíaco e de beleza especial, é famoso pela extensa faixa de areia que avança sobre o mar e pela tranquilidade até em alta temporada. Quem for a Corumbau poderá passear de barco no Rio Corumbau e fazer um passeio de buggy, na areias brancas. Poderá ainda se banhar nas piscinas de águas esverdeadas, que se formam quando a maré baixa. O lugar é único e surpreendente!
 
O segundo destino é...
 
Capitólio (MG)
 
Já que Minas não tem mar você pode ir para Capitólio. A cidade  fica a 280 Km de Belo Horizonte, capital do estado, entre a Serra da Canastra e o Lago de Furnas. E é por causa deste lago, que a cidade é muito famosa. Conhecido como “Mar de Minas”, o lago é artificial e tem aproximadamente 1440 m² onde se pode navegar  entre os cânions de quase 20 metros de altura. Opções de lazer não faltam: trekking, mountain bike e ainda passeios de catamarã, lancha e a famosa Chalana. As cachoeiras, cascatas e inúmeras  belezas naturais, são de tirar o fôlego.
 
Fonte: Catraca Livre

BRASIL POUPA MAIS DE 72 BILHÕES DE FOLHAS DE PAPEL POR MEIO DAS NOTAS FISCAIS ELETRÔNICAS

Implementada em 2006, a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) ocasionou uma verdadeira transformação digital nas empresas e ajuda na preservação do meio ambiente. Desde que entrou em vigor, mais de 18 bilhões* de notas já foram emitidas, o que representa uma economia de mais de 72 bilhões de folhas de papel, já que a versão impressa, em média, era impressa em quatro vias.
 
De acordo com Julio Cosentino, vice-presidente da Certisign e presidente da Associação Nacional de Certificação Digital - ANCD, a migração do processo de emissão do físico para o digital foi possível, entre outros fatores, graças a tecnologia da Certificação Digital, que garante a autenticidade das informações. "O Certificado Digital identifica inquestionavelmente as transações realizadas por meio dele, garantindo segurança e transparência nos processos".
 
Está começando seu negócio agora? Saiba qual Certificado Digital é ideal para a emissão de notas
 
A Nota Fiscal Eletrônica pode ser emitida por meio do Certificado Digital e-CNPJ ou do NF-e, mas é preciso ter atenção. A emissão de Notas por meio do e-CNPJ é aconselhável somente se o próprio titular do Certificado for o emissor. Se mais de uma pessoa for responsável por essa parte do negócio, é indicada a compra do Certificado Digital NF-e, que é emitido vinculado ao e-CNPJ da empresa, mas com o CPF do funcionário.
 
Por meio de ambos os Certificados Digitais mencionados ainda é possível emitir a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e).
 
Fonte: Administradores

Publicidade

Fusionweb 

O melhor streaming para Rádio e Tv na Internet.

Hospedagem e desenvolvimento de Sites.

CLIQUE AQUI!

Ou ligue 41-3093-9979