Destaque

Previsão do Tempo

CONFIRA QUAIS SÃO OS CURSOS MENOS CONCORRIDOS DA USP

O vestibular da USP (Universidade de São Paulo) é um dos mais concorridos do país. A instituição é a segunda melhor da América Latina, conforme o ranking internacional Times Higher Education, o que explica a alta procura por seus cursos.
 
No entanto, a demanda não atende a expectativa. Para alguns estudantes, entrar na USP parece um sonho impossível. A realidade socioeconômica desigual, ensino público precário e alta concorrência são fatores que impedem o acesso à universidade gratuita de maneira mais diversificada.
 
De acordo com estatísticas da Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular), o curso de Medicina em Ribeirão Preto e na capital seguem com as vagas mais disputadas do último vestibular com, respectivamente, 75.58 e 63.04 pessoas para cada uma.
 
Psicologia (53.45) está em terceiro lugar no ranking dos mais concorridos. Logo em seguida vem Relações Internacionais (46.71) e Publicidade e Propaganda (44.26).
 
Com muito candidato para tanta pouca vaga, uma alternativa é ir pela contramão e optar por carreiras menos tradicionais. Você sabe quais foram os cursos menos concorridos do vestibular de 2017 da USP, por exemplo?
 
Quem sabe um destes cursos não desperte a sua curiosidade, não é? Com dados da Fuvest, confira abaixo os 20 cursos com menos candidatos por vaga:
 
1. Música – Ribeirão Preto – 1.43
 
2. Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental – 1.54
 
3. Gerontologia – USP Leste (SP) – 2.31
 
4. Ciências da Natureza – USP Leste (SP) – 2.31
 
5. Engenharia de Biossistemas – Pirassununga – 2.62
 
6. Música (ECA) – 2.76
 
7. Gestão Ambiental – USP Leste (SP) – 3.18
 
8. Engenharia Florestal – Piracicaba – 3.34
 
9. Música – Ribeirão Preto  – 3.37
 
10. Química (Licenciatura) – Ribeirão Preto – 3.46
 
11. Informática Biomédica – Ribeirão Preto – 3.5
 
12. Licenciatura em Matemática/Física – 3.65
 
13. Gestão Ambiental – Piracicaba – 4.03
 
14. Fonoaudiologia – Ribeirão Preto – 4.07
 
15. Lazer e Turismo – USP Leste, SP – 4.23
 
16. Artes Visuais – 4.27
 
17. Pedagogia - Ribeirão Preto – 4.28
 
18. Letras – 4.64
 
19. Engenharia de Materiais – Lorena – 4.77
 
20. Física Médica – Ribeirão Preto – 4.79
 
As inscrições para a Fuvest 2018 começam no dia 21 de agosto de 2017. Fique ligado!
 
Fonte: Catraca Livre

APLICATIVO PERMITE QUE DONO MONITORE PASSEIO DO SEU CÃO VIA GPS

Quase todos os donos de cães sabem da importância do passeio para o bem-estar do animal. E com o foco em estimular ainda mais essa prática, foi criado um aplicativo, o Cão Ativo Club, que gera um relatório visual com todos os dados da atividade, mesmo quando ela é feita por um passeador profissional.
 
Via GPS, o dono monitora os locais por onde seu cãozinho passou e recebe um resumo da atividade, que inclui registro de fotos durante o passeio e marcação de xixi e cocô. Tudo isso para tranquilizar até o mais preocupado dos donos, que vai saber o horário em que seu amigo foi pego e retornou, o trajeto e a distância percorrida.
 
Os mesmos recursos - como foto, distância e tempo - também são gerados quando o passeio é feito pelo tutor. Dessa maneira, ele tem um controle melhor sobre os dados de cada caminhada.
 
Também é através do app que o tutor, quando está sem tempo, busca e seleciona um passeador para seu companheiro.  Todos os profissionais disponíveis na plataforma são certificados em treinamento animal.
 
O aplicativo também apresenta dicas diárias de saúde e um histórico das andanças do cachorro. Quanto mais ele passeia - com seu tutor ou com o dog walker - maior fica sua pontuação na ferramenta.
 
O Cão Ativo Club está disponível gratuitamente para Android e iOS. O usuário só paga se optar pela contratação de passeadores. Nesse caso, o pagamento é feito via cartão de crédito.
 
Fonte: Catraca Livre

8 DICAS PARA ESCREVER BEM SEUS E-MAILS CORPORATIVOS

O e-mail corporativo é uma importante ferramenta de comunicação nas empresas. Muito usado para documentar o que foi dito numa reunião ou conversa telefônica, marcar reuniões, enviar dados, solicitar e enviar informações. O e-mail corporativo tem algumas características que são diferentes dos e-mails que você envia aos seus amigos ou da sua comunicação nas redes sociais.
 
Tão importante quanto seu comportamento dentro do ambiente de trabalho é a forma como você se expressa por meio de seus e-mails corporativos. Ele é considerado um documento e a forma como você o escreve reflete sua postura profissional, podendo construir ou denegrir sua imagem.
 
Rafael Leandro, analista e consultor de sistemas, na Liberty Seguros, comenta que já vivenciou diversas situações relacionadas a e-mails corporativos. Por conta disso, hoje ele sempre orienta sua equipe, para evitar que situações embaraçosas aconteçam.
 
Ele comenta que entre os erros mais comuns que já notou nos e-mails foram: abreviações de palavras, uso de gírias, falta de concordância e coerência e erros de digitação. Abaixo alguns exemplos que ele já presenciou:
 
Repetição
"Você consegue verificar se você consegue continuar com este procedimento?"
 
Erro de digitação
"Quaisquer dívidas entrem em contato".
 
" Estamos enviando o nosso cornograma de trabalho para a sua avaliação".
 
Erro de formatação
“Bom Dia !!!"
 
Erro de gramática
"Eu resolvi o problema e peço para que seje testado novamente o sistema.
 
Você tem ideia de como fazer um e-mail corporativo e não cometer erros como os mencionados acima? Confira abaixo 8 dicas:
 
1) Saudação
 
Seja sempre educado e cordial e comece seu e-mail cumprimentando o destinatário. Independente de quem seja: um colega de trabalho, um fornecedor ou um cliente. Principalmente se aquele for o primeiro e-mail que você envia.
 
Comece sempre com uma saudação que se adeque a relação que você tem com o outro. Termos como "Fulana, bom dia!", "Prezados, boa tarde!", " Caro Fulano, boa noite!", sempre caem bem.
 
Se você ficar trocando e-mails com a pessoa ao longo do dia, não precisa saudá-la o tempo todo, basta apenas chamá-la por seu nome. Mas nunca envie um e-mail, escrevendo direto o que tem a dizer, sem nem ao menos mencionar o nome. Outro detalhe importante é em relação a pontuação. Use sempre uma vírgula depois do nome, para isolar o vocativo.
 
2) Use uma linguagem adequada 
 
A informalidade, muito presente na comunicação das redes sociais, deve ser deixada de lado na hora de escrever um e-mail corporativo. Ao enviar um e-mail para alguém que você tem apenas uma relação profissional, aposte sempre em termos mais formais. Nada impede que, dentro dos limites profissionais, você seja um pouco mais informal com quem já tem afinidade.
 
Nem pense em usar gírias, emojis ou abreviações como “vc”, “tbm”, “Att.”, “ctz”, “tá”.  "Oi", "E ai?", "Beijos" também são informais demais e estão fora de questão. Usar esses termos transmite falta de profissionalismo.
 
A forma como o e-mail é escrito transmite informações sobre o profissional que o está escrevendo e também sobre a empresa. Lembre-se também de sempre usar palavras mágicas como “por favor”, "desculpe" e “obrigado”.
 
Evite termos pouco usuais como "convescote" ao invés de piquenique, onde você tenta "impressionar" o outro com seu vasto vocabulário, mas no fim, não se faz entender e prejudica a comunicação. Termos que no fim, não dizem nada, como "sem mais para o momento", "venho através desta" também devem ser evitados.
 
3) Organize as informações
 
É importante que seu e-mail tenha um começo, meio e fim, ou seja, uma introdução ao assunto, desenvolvimento e conclusão, para que o outro seja capaz de entender facilmente. Logo no início apresente o tema principal do e-mail, em seguida discorra sobre o assunto e encerre cordialmente.
 
Ao escrever seu e-mail corporativo, primeiramente distribua em tópicos tudo que você precisa comunicar. Em seguida vá desenvolvendo o parágrafo em torno de cada tópico. Assim torna-se mais fácil organizar as ideias e ser conciso no que precisa ser tratado. Colocar cada ideia num parágrafo, facilita a leitura e deixa seu e-mail organizado. O espaçamento entre a saudação, cada parágrafo e a assinatura também deixa seu e-mail mais convidativo à leitura.
 
Depois de escrevê-lo é hora de dar atenção a formatação. Certifique-se de sempre usar a mesma fonte, do mesmo tamanho e cor. Destacando apenas algumas palavras que requerem mais atenção e facilitando assim, uma leitura mais rápida. Nunca deixe seu e-mail todo colorido, criando uma poluição visual.
 
4) Seja claro e conciso
 
E-mails corporativos são ferramentas de comunicação que pedem textos claros, concisos e objetivos. Afinal de contas, quem está recebendo seu e-mail, possivelmente tem tantos outros para responder. Busque sempre escrever de forma clara, objetiva e sucinta.
 
Antes de enviar o e-mail tenha certeza que você está respondendo ao que foi perguntado. Nada de escrever uma mensagem repleta de informações desnecessárias. Poupe o tempo do destinatário. E-mails muito extensos fazem com que você corra o risco do seu leitor não chegar até o fim e não responder ao que foi pedido.
 
Vale lembrar que ser objetivo não significa ser grosseiro e muito menos economizar nas linhas digitadas e mandar um e-mail incompleto. Às vezes é necessário um texto mais extenso, para que o destinatário não tenha dúvidas sobre o assunto tratado.
 
Além disso, é extremamente importante responder prontamente seus e-mails, afinal o e-mail é uma das ferramentas de comunicação dentro de uma empresa e exige uma atenção especial dentro das suas tarefas do dia. Você não vai querer que alguma ação fique parada, só porque está esperando seu retorno, certo?
 
5) Fique atento à ortografia
 
Num e-mail corporativo a ortografia merece uma atenção especial. Nunca digite todo texto em caixa alta. Isto significa que você está gritando com o destinatário. Em regras gerais, use letras maiúsculas para nomes próprios, ao iniciar uma frase e após um ponto final. Também não escreva tudo com minúsculas.
 
Para citar algumas regras: de acordo com o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa a inicial dos meses deve ser escrita com letras minúsculas. Não coloque acento grave antes de verbos ou palavras masculinas. Além disso, A partir de 2009 passou a vigorar o Novo Acordo Ortográfico e algumas palavras como "dia a dia", "bom dia" perderam o hífen.
 
Esteja sempre atento às novas regras. Se ficar com dúvida na hora de escrever uma palavra troque por um um sinônimo ou faça uma busca na internet. Com tantas informações à disposição cometer erros de ortografia é uma falha imperdoável.
 
Fique de olho também na pontuação. Os pontos de exclamação e interrogação devem ser usados com moderação. Usar num "Bom dia!" é aceitável, porém colocar uma sequência "Bom dia!!!!!", "Recebeu meu e-mail anterior????" está proibido. Isto indica alguém excessivamente emocional e até mesmo imaturo.
 
6) Como encerrar o e-mail
 
Nunca deixe de assinar um e-mail corporativo. Tão importante quanto a saudação é o encerramento que deve prezar pela impessoalidade. Portanto nada de se despedir com "beijos" ou "abraços carinhosos". Encerre com frases como: "Qualquer dúvida estou à disposição", "Aguardo seu retorno". Vale também usar "Cordialmente" ou o clássico "Atenciosamente", mas por extenso. Evite colocar somente "Att".
 
Crie sempre uma assinatura com seus dados pessoais como nome e sobrenome. Inclua também o setor para evitar desencontros em empresas muito grandes. O(s) telefone(s) de contato são muito importantes caso o destinatário queira te ligar e esclarecer prontamente alguma dúvida. Lembre-se sempre de seguir o padrão de assinatura criado pela empresa.
 
7) O assunto
 
Com as caixas de e-mail cada dia mais lotadas, um assunto bem definido e objetivo, faz com que o destinatário priorize sua mensagem. Portanto, dê uma atenção especial ao assunto informando de forma clara e objetiva a informação do e-mail.
 
Uma dica do consultor Rafael Leandro é: "Escreva um assunto resumido, não muito longo (exceto e-mails com detalhes que o receptor necessite) que contenha no máximo 100 palavras".
 
Jamais deixe o "assunto" em branco. Em meio a tantos e-mails, muitos são apagados sem nem serem lidos apenas por terem um assunto em branco ou inadequado, que muitas vezes fazem o destinatário pensar que pode ser um vírus. Uma dica é escrever o assunto ao final, depois de redigir seu e-mail.
 
Termos como “Urgência” ou “Alta Prioridade” devem ser evitados. Isto porque, depois de um tempo as pessoas se dão conta que os e-mails não são tão urgentes quanto dizem e acabam desconsiderando estes avisos. Só atribua importância ao que realmente for necessário.
 
8) Antes de enviar o e-mail revise
 
Depois de seguir todas estas dicas, por fim, revise seu e-mail antes de enviá-lo. Corrija possíveis falhas e só envie depois que tudo estiver correto. A dica do gestor Rafael Leandro é "Releia pelos menos, 3 vezes o e-mail todo antes de enviá-lo".
 
Para evitar o equívoco de enviar um e-mail inacabado,  deixe para colocar o endereço de e-mail somente ao final. Nesse momento certifique-se que a lista de destinatários está correta. Já imaginou confundir o nome das pessoas ou enviar algum e-mail para pessoa errada?
 
Caso esteja enviando algum documento anexado, avise sempre no corpo do e-mail. Não adianta colocar o arquivo e simplesmente não avisar. Muitas vezes na pressa a pessoa não se atenta ao arquivo recebido.
 
É importante também sempre compactar o arquivo, pois alguns correios eletrônicos empresariais têm limite de espaço. Se for um arquivo muito pesado, use sites gratuitos como Wetrasnfer ou Dropbox para subir os arquivos e enviar somente o link, para que a mensagem não fique pesada.
 
Fonte: Catraca Livre

JEFF BEZOS, DA AMAZON, PASSA BILL GATES E É O MAIS RICO DO MUNDO

Jeff Bezos, 53, tornou-se nesta quinta-feira a pessoa mais rica do mundo. O americano, nascido no Novo México e fundador da gigante da tecnologia Amazon, passou Bill Gates como dono da maior fortuna do planeta ao chegar a estimados 90,5 bilhões de dólares, frente a 90,1 bilhões do compatriota que, por coincidência, também reside na cidade de Seattle. Ao longo do dia, conforme as ações da companhia se valorizarem ou desvalorizarem, isso pode mudar. Fato é que, pela primeira vez, Bezos chegou ao topo da lista.
 
O presidente da Amazon atingiu o feito depois de uma valorização impressionante de sua companhia, da qual detém cerca de 17%. A Amazon começou o ano com suas ações na casa dos 753 dólares, mas atingiu os 1.068 dólares na manhã desta quinta, numa valorização de mais de 40%, para uma capitalização de mercado total de 504 bilhões de dólares.
 
A fortuna de Bezos, por sua vez, seguiu o mesmo ritmo. Só nesta semana, ele ficou mais de 3 bilhões mais rico, graças à valorização da Amazon. Desde o início do ano, seu patrimônio cresceu quase 25 bilhões de dólares. Em 2016, ele já havia tido o maior crescimento para o mesmo ano da história da lista de bilionários da revista americana Forbes, de 27,6 bilhões de dólares – Jorge Paulo Lemann, o brasileiro mais bem colocado, está em 25º lugar, com um patrimônio atual de pouco mais de 30 bilhões de dólares.
 
O bilionário também é dono do jornal The Washington Post, comprado em 2013 por 250 milhões de dólares. Desde então, ele modificou o modelo de negócios do jornal, que voltou a dar lucro depois de anos, mesmo em uma indústria que passa por dificuldades cada vez maiores. “Não sabia nada sobre negócios em jornais, mas entendo um pouco de internet”, Bezos responde quando perguntado sobre o assunto. Além disso, a empresa aeroespacial privada Blue Origin também é propriedade do empresário.
 
Dos livros para o mundo
 
Criado pela mãe e pelo padrasto cubano, Bezos fez carreira bem-sucedida em um fundo de Wall Street até largar tudo, em 1994, para criar uma loja de venda de livros online. Dos livros, o e-commerce evoluiu para vender quase tudo que o consumidor pode comprar, além de colocar o pé em diversificados negócios que vão de computação na nuvem, com a Amazon Web Services (AWS), até eletrônicos, como a assistente virtual Alexa e a plataforma de streaming de filmes e séries Prime.
 
Mas muito antes dessa diversificação, a empresa fez sua oferta pública de ações (IPO) na Nasdaq no início de maio de 1997 depois de pouco mais de dois anos de operação – dobrando de tamanho a cada três meses. O IPO levantou 54 milhões de dólares e avaliou a empresa em 438 milhões, com um valor de 18 dólares por ação. Considerando três splits de ações feitos pela companhia, isso significa que quem investiu 100 dólares no IPO teria, hoje, cerca de 71.000 dólares em ações.
 
Nesse meio tempo, a empresa desenvolveu o Amazon Web Services (AWS), o serviço de computação na nuvem, que é o maior e mais confiável do tipo no mundo. Mesmo enfrentando uma concorrência cada vez maior da Microsoft, ele segue crescendo a um ritmo sempre acima dos 40% por trimestre. A AWS é responsável por cerca de 10% da receita da empresa, mas, ao mesmo tempo, é o negócio que tem as maiores margens de lucro e é visto como parte importante do futuro.
 
Além disso, no começo de junho, a Amazon anunciou sua grande entrada no mundo do varejo físico ao comprar a Whole Foods, uma rede de supermercados americana focada em alimentos saudáveis, em uma operação de 13,7 bilhões de dólares. Junto com o lançamento da loja conceito Amazon Go, o movimento mostra que, mais do que o varejo online, o rumo da empresa para os próximos anos é tentar iniciativas cada vez maiores no varejo físico. 
 
Em meio a tudo isso, a empresa está expandindo sua operação no Brasil, lançando seu marketplace de livros (vendia livros eletrônicos desde 2012 e livros físicos “próprios” desde 2015), que em breve deve tornar-se um marketplace geral, assim como nos Estados Unidos, conforme adiantou EXAME. Enfim, a Amazon passará a concorrer com as brasileiras B2W, Cnova e outras que tentam se firmar no setor.
 
Como convencionou-se dizer no mercado, a Amazon é a única companhia do mundo que anuncia investimentos diversos como em computação na nuvem e em uma rede de alimentos saudáveis e consegue convencer analistas de que está fazendo a coisa certa. Até aqui, isso vem dando resultado e levou Jeff Bezos a tornar-se o homem mais rico do mundo.
 
Fonte: Exame.com

ABERTURA DE EMPRESAS PODERÁ SER FEITA PELA INTERNET

A partir da próxima segunda-feira, 3, a abertura de empresas de baixo risco, na cidade de São Paulo, poderá ser feita pela internet, no site do programa Empreenda Fácil.
 
Assim, ao invés de exigir a presença do empresário, o processo de abertura poderá ser realizado on-line. Segundo o secretário municipal de inovação e tecnologia, Daniel Annenberg, até dezembro, o prazo de abertura de empresas deve chegar a cinco dias e ser reduzido para dois dias até o final do primeiro semestre de 2018.
 
Vocação empreendedora
 
Desde que fora lançado em março deste ano, o programa Empreenda Fácil já foi responsável pela abertura de 2.000 empresas em São Paulo.
 
Além disso, no mesmo período, foram realizadas aproximadamente 30 mil avaliações de viabilidade (primeira etapa de abertura de empresas no novo sistema, em que o empresário verifica se pode instalar negócio que deseja no endereço escolhido.
 
Fonte: Catraca Livre

TROCAFONE: COMPRE APARELHOS SEMINOVOS COM GARANTIA

Com as constantes atualizações de softwares, o desejo de trocar de celular se tornou um fato cada vez mais frequente. Entretanto, nem sempre há dinheiro para comprar um novo na loja, não é mesmo?
 
No Trocafone, você consegue vender e comprar aparelhos usados por um preço muito mais em conta e, o melhor, com direito à garantia.
 
Fizemos uma lista com a comparação dos valores entre aparelhos novos e usados. A economia pode ser de mais de mil reais, dependendo do modelo. Confira:
 
Samsung Galaxy S6 - R$ 1.070 de economia
Iphone 5 - R$ 806,05 de economia
Iphone 6 - R$ 1,661 de economia
Samsung Galaxy Note Edge - R$ 1,063 de economia
Samsung Galaxy A5 Branco  - R$ 512 de economia
Samsung Galaxy S7 Edge 32GB - R$ 1452 de economia
Iphone 4S - R$ 481 de economia
Motorola Moto X Style 32GB - R$1,165 de economia

Vale destacar que, ao clicar em um aparelho de seu interesse, o valor de economia em relação a um modelo novo sempre aparece.
 
Fonte: Catraca Livre

Publicidade

Fusionweb 

O melhor streaming para Rádio e Tv na Internet.

Hospedagem e desenvolvimento de Sites.

CLIQUE AQUI!

Ou ligue 41-3093-9979