Destaque

Previsão do Tempo

HOMEM CEGO REALIZA SEU MAIOR SONHO: SER FOTÓGRAFO

O fotógrafo Brenden Borrellini é uma prova de que definitivamente o olhar vem de dentro, da alma. Ele nasceu surdo e com visão limitada, que acabou evoluindo para a cegueira completa. A dificuldade, no entanto,  não o impediu de desenvolver seu maior dom: a fotografia.
 
Após os estudos na Unidade de Educação Especial na Escola Estadual Cavendish Road, em Brisbane, Austrália, ele se tornou o primeiro aluno cego, e surdo, a terminar o ensino médio e ingressar na universidade. O ano de 1989 marcou o reconhecimento nacional de suas realizações acadêmicas, com a conquista do prêmio Australian of the Year. Depois disso, Brenden partiu para algo completamente novo e até mesmo inesperado.
 
O sonho de ser fotógrafo ganhou vida por conta de sua enorme força de vontade e ajuda de um mentor, o diretor artístico do Crossroads Arts (organização com foco em acessibilidade), Steve Mayer-Miller, que destacou o foco, perseverança e motivação de Brenden. Uma máquina que converte os textos em braile auxilia a parceria da dupla, que troca opiniões constantemente em busca de um maior aprimoramento e conhecimento. A ferramenta dá um feedback técnico sobre a arte, apontando itens como composição, luz, efeito do obturador e profundidade.
 
Para saber mais sobre essa história emocionante, acesse: http://www.hypeness.com.br/2014/08/a-historia-do-homem-que-nasceu-cego-e-se-tornou-fotografo/
 
Fonte: Catraca Livre

EM BREVE, CELULAR PODERÁ SER USADO COMO DOCUMENTO

Em breve, os documentos de papel, como Carteira de Habilitação, Carteira do Registro de Identidade (RG) e Cadastro de Pessoa Física (CPF) poderão ser aposentados. A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados aprovou uma proposta que permite aos motoristas apresentar documentos de porte obrigatório, como carteira de habilitação e documento do veículo, em formato digital, pelo celular. Para isso, no entanto, é preciso que os documentos sejam certificados pela ICP Brasil.
 
Foi aprovado o substitutivo da relatora, deputada Margarida Salomão (PT-MG), para o Projeto de Lei 2006/15, do deputado Tenente Lúcio (PSB-MG). A relatora apresentou parecer pela aprovação da matéria, mas sugeriu um novo texto para especificar que a emissão dos certificados siga os padrões da infraestrutura de chaves públicas brasileira (ICP-Brasil).
 
A ICP-Brasil é um conjunto de padrões técnicos e regulamentos elaborados para suportar um sistema criptográfico aplicado a certificados digitais e assegurar a credibilidade e a confiança de transações pela rede mundial entre titulares de certificados digitais e o púbico em geral.
 
De acordo com Antonio Cangiano, diretor Executivo da Associação Nacional de Certificação Digital (ANCD), esse será mais um grande benefício da certificação para as pessoas físicas.
 
Ele afirma que se trata de um grande avanço. “De uma medida que desburocratiza e facilita muito a vida das pessoas, pois elas poderão apresentar documentos válidos juridicamente em qualquer parte do mundo, sem possuí-los presencialmente, pois estarão guardados em nuvens, portanto sem riscos de perdas, roubos ou degradação do papel”, acrescentou Cangiano.
 
O projeto, que tramita em caráter conclusivo — ou seja, não precisa ser votado em Plenário –, será analisado ainda pelas comissões de Viação e Transportes e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se aprovado, estará pronto para entrar em vigor.
 
Fonte: Bem Paraná

AS DEZ PROFISSÕES MAIS BEM PAGAS QUE NÃO EXIGEM DIPLOMA

Mesmo sem um diploma do ensino superior, há profissões que oferecem salários interessantes, com média salarial mensal de até R$ 5 mil. É o que mostra levantamento do site de empregos Catho, que listou os dez cargos mais bem remunerados e que não exigem formação superior – o site conta hoje com mais de 290 mil vagas de emprego anunciadas.
 
No topo do ranking está o técnico de petróleo. “O diploma técnico é capaz de preparar profissionais para exercer determinadas atividades que tiveram um crescimento importante nos últimos anos e passaram a oferecer remunerações mais atraentes”, afirma Murilo Cavellucci, diretor de gente e gestão da Catho.
 
Confira as dez profissões mais bem pagas e as médias salariais mensais:
 
1 - Técnico de Petróleo: R$ 5.406
2 - Ferramenteiro de Corte e Repuxo: R$ 4.662,50
3 - Técnico Sucroalcooleiro: R$ 4.273,50
4 - Técnico em Inspeção de Equipamentos: R$ 4.127,80
5 - Inspetor de Qualidade de Instrumentos: R$ 3.979,10
6 - Técnico em Obras: R$ 3.940
7 - Ferramenteiro de Manutenção: R$ 3.892,50
8 - Ferramenteiro de Moldes Plásticos: R$ 3.886,70
9 - Técnico de Planejamento: R$ 3.813,20
10 - Projetista Mecânico: R$ 3.810,60
 
Fonte: Agência O Globo

DEZ CIDADES DO PARANÁ TÊM MAIS ELEITORES DO QUE MORADORES

Dez municípios paranaenses têm mais eleitores cadastrados do que moradores. Trata-se de pequenas cidades – com populações entre 1.409 e 4.542 habitantes – de seis regiões diferentes do estado (veja o infográfico). O número é maior do que registrado nas últimas eleições municipais, em 2012, quando apenas duas cidades tinham mais votantes registrados do que moradores. O levantamento foi elaborado pela Gazeta do Povo, por meio do cruzamento de dados fornecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com a estimativa populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).
 
Esperança Nova, no Noroeste do Paraná, é o município com a maior diferença. Lá, estão cadastrados 1.988 eleitores, ante uma população de 1.898: diferença de 4,7%. Menor cidade do estado, Jardim Olinda, que fica à região Noroeste, também aparece na lista.
 
O índice elevado de eleitores é visto com preocupação, já que pode provocar distorções no processo eleitoral ou indicar que a cidade está suscetível a fraudes. Tanto que a lei eleitoral nº 9.504/97 aponta que o TSE deve determinar a revisão ou correição nas zonas eleitorais em que o número de eleitores for superior a 65% da população. Neste sentido, apenas 15 cidades do Paraná têm eleitorado dentro deste índice. Em Curitiba, após recadastramento feito para implantação de biometria, a taxa de eleitorado ficou em 69%.
 
Para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Paraná, a distorção é provocada, principalmente, por pessoas que se mudam de cidade, mas que não transferem o título de eleitor. Nos municípios menores, o desequilíbrio acaba ficando mais evidente. “Nessas cidades, acaba que o índice de abstenção será muito alto. O próprio município ou o TSE podem determinar a revisão do cadastramento eleitoral”, disse o corregedor-regional do TRE, Adalberto Jorge Xisto Pereira.
 
Segundo o corregedor, o índice que refletiria a realidade com maior fidelidade seria até 80%. No entanto, o Paraná tem 199 cidades – 49,7% – com eleitorado superior a este patamar. Entre estas, 26 cidades têm população entre 10 mil e 100 mil habitantes, como, por exemplo, Morretes, Matinhos e Antonina (no Litoral do Paraná) e Balsa Nova, da Região Metropolitana de Curitiba.
 
Biometria
 
Na avaliação do TRE, a cadastramento biométrico deve corrigir o desequilíbrio. Até agora, cerca de 60% do eleitorado paranaense já passou pelo cadastramento digital. A expectativa é de que até o final do ano que vem todas as cidades tenham passado pela revisão para implantação deste modelo.
 
“Para este processo, o eleitor tem que comparecer ao fórum eleitoral em que ele está cadastrado. Quem não comparecer, tem o título cancelado. Então, essa revisão impede qualquer distorção”, apontou Xisto Pereira.
 
Com o recadastramento, a tendência é de que o número eleitores de cada cidade se torne bem próximo do real. Em Londrina, por exemplo, após a revisão, o número de votantes cadastrados caiu de 190 mil para 160 mil pessoas. Outro aspecto é a redução do índice de abstenções. “Em Curitiba, por exemplo, o número eleitores que se abstiveram caiu de 15% para 3%”, apontou o corregedor.
 
Fonte: Gazeta do Povo

MENINO COM PARALISIA CEREBRAL EMOCIONA AO ENTRAR EM CASAMENTO

Um vídeo muito emocionante vem tomando conta das redes sociais neste fim de semana. Um menino com paralisia cerebral de apenas seis anos foi pajem do casamento da fisioterapeuta Eduarda Borghezan, em Orleans, Santa Catarina.
 
A relação de afeto e amor entre os dois (Davi é paciente da fisioterapeuta) fez com que ela o convidasse para o dia especial. Eduarda afirma que vê-lo andar é uma grande conquista.
 
“A sensação foi de realização, por poder ajudá-lo a caminhar, que era o que ele e a família queriam”, disse.
 
No vídeo, o casal recebe o pequeno Davi e os convidados se emocionam. O noivo de Eduarda, Antonio Bianco, afirmou: “É impossível não se apaixonar pelo Davi”.
 

SAIBA COMO FUGIR DAS TARIFAS BANCÁRIAS E TAXAS DE CARTÕES

Assim como qualquer outro pacote de serviços, as tarifas bancárias podem pesar no orçamento doméstico, principalmente ao se observar os gastos de longo prazo.
 
Segundo levantamento do site Quanto Custa o Seu Banco, um trabalhador com renda mensal de R$ 5 mil e que possua conta corrente há 18 anos, cartão de crédito e direito a cinco saques e duas transferências mensais gastou neste período cerca de R$ 29 mil. A média equivale a R$ 134,26 em anuidades, ou R$ 11,18 ao mês em custos bancários.
 
O Procon-SP vai além. De acordo com o órgão, as tarifas para operações e serviços pode variar até 447% de uma instituição para outra. Mas, existem formas de escapar das taxas ou mesmo pagar menos por elas. E isso vale tanto para a conta corrente quanto para o cartão de crédito.
 
Serviços essenciais
 
Uma norma editada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), ligado ao Banco Central, exige desde 2008 que todas as instituições ofereçam aos seus clientes um pacote de serviços essenciais para a conta corrente e poupança. Entre os serviços gratuitos mensais estão quatro saques em caixas ou terminais eletrônicos; duas transferências entre contas do mesmo banco pela internet, terminais eletrônicos e guichês; dois extratos referentes aos 30 dias anteriores; dez folhas de cheque e consultas ilimitadas pela internet. As regras valem para os dois tipos de contas.
 
Conta digital
 
Para quem realiza todas as operações pela internet, sem qualquer tipo de contato com atendentes, as contas digitais são uma alternativa para economizar nas tarifas. Hoje, há pelo menos quatro bancos que oferecem a modalidade: Banco do Brasil (Conta Eletrônica), Bradesco (Digiconta), Itaú (iConta) e Banco Intermedium. Todos oferecem saques em terminais das instituições e 24 horas, consulta a extratos, aviso via SMS de movimentação, transferências a contas do mesmo banco e DOCs e TEDs ilimitados por meio de ATMs, internet, celular e tablets. Talões de cheque e atendimento pessoal ou por telefone são cobrados aparte.
 
Cartão sem anuidade
 
As operadoras de cartão estão mais rigorosas para conceder isenção das anuidades. Mesmo o Santander Free, que exigia ao menos uma compra por mês para garantir um serviço livre de taxas, passou a exigir ao menos R$ 100 em compras ao mês. Com isso, sobra ao consumidor o Nubank, operadora de cartão que oferece uma total integração dos gastos a um app para celulares e canais de comunicação digitais, como bate-papos on-line. Entretanto, a opção possui limites reduzidos e não possui programa de milhagem. Mas isso por enquanto, já que a empresa estuda oferecer este serviço aos clientes.
 
Fonte: Gazeta do Povo

Publicidade

Fusionweb 

O melhor streaming para Rádio e Tv na Internet.

Hospedagem e desenvolvimento de Sites.

CLIQUE AQUI!

Ou ligue 41-3093-9979